Tempero

Categorias

Histórico

Por que ficamos aprisionados a alguns ingredientes?

Claudia Lima

17/08/2017 14h55

Tem ingredientes que vira e mexe são resgatados em algum momento e usados à exaustão em vários pratos. E depois da febre, quase sempre vem uma ressaca tão grande, que ninguém mais aguenta ouvir falar no assunto.

Foi assim com a farinha láctea, a granola, a Nutella, o bacon… O mais novo da turma é o leite em pó, que já começa, aos poucos, a cair em desgraça. A primeira coisa que eu provei com o ingrediente foi aquele famoso docinho de festa semelhante a um beijinho, que as mães comemoravam como uma maneira de fugir do estranho olho de sogra. Mas isso já tem muito, muito tempo.

Hoje, com certeza você já deve ter ouvido falar de brigadeiro, pavê, torta e mais uma infinidade de doces feitos com ele. Até pipoca salpicada com o tal leite infantil fizeram. Outro novo que já vi por aí é a palha italiana de leite em pó. Também um pastel (bem do esquisito) que mais parece um ravióli. Entre as boleiras, sucesso absoluto é a cobertura Chantininho, que recheia e cobre bolos de festa.

Veja – o problema não é usar o ingrediente, que ok, faz um resgate de sabores da infância e às vezes soa exótico – mas achar que ele “vai com qualquer coisa”.

Alguns pratos realmente acabem resultando em boas combinações – como o sorvetão de leite ninho criado pela chef Carla Pernambuco, para um dos seus restaurantes, o Clementina. A sobremesa é um dos maiores hits do menu desde que foi lançada. Outra coisa que acho até que fica gostoso: pudim. O sabor e a textura ficam bem delicados. Tapioca também foi outra coisa usada à exaustão, mas que continua sendo uma delícia.

Assim como na música, sempre fico curiosa para saber qual é a próxima “onda”, qual coisa vão inventar e todo mundo vai atrás. Eu sempre acho que na cozinha ousar é bom, mas um pouco de parcimônia não faz mal a ninguém. E você, qual é o ingrediente que já poderia ter saído de cena?

Sobre a autora

Jornalista formada pela PUC-SP, Claudia Lima sempre esteve às voltas com as panelas e música. Trabalhou em veículos como Folha de S. Paulo, Revistas Tpm e Trip, Gol e Veja São Paulo. Criou e coordenou o canal de notícias e receitas UOL Comidas. Hoje, resgata suas memórias com sua empresa "Doces Bárbaros da Clo", especializada em bolos e sobremesas.

Sobre o blog

Um espaço para quem ama saber novidades da gastronomia e quer aprender a fazer receitas simples, práticas e gostosas. Sem afetação!

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Tempero
Tempero
Tempero
Tempero
Tempero
Tempero
Tempero
Tempero
Topo